Quem voltou a receber sondagens é o atacante Michael, atual reserva do Flamengo. O velocista ainda não se firmou no clube carioca, mas vem sendo opção do técnico Rogério Ceni. Clubes da Arábia estão monitorando o atleta e investidas podem chegar em breve à mesa do Mengão a partir de agosto.

Por conta da pandemia e do orçamento apertado, o Fla não pretende dificultar caso apareça propostas pelo jogador. A diretoria rubro-negra estipula um valor girando em torno de 9 milhões de euros (R$ 57,3 milhões na cotação atual) para vender o “robozinho”. No começo deste ano, o Al Ain tentou contratá-lo e até ficou perto do acordo, mas o negócio acabou não acontecendo.

Michael está feliz no Mais Querido do Brasil e deixa seu futuro nas mãos dos dirigentes flamenguistas. Apesar de ainda não ter rendido o esperado, o jogador é considerado ‘valioso’ pela diretoria do Fla por conta da posição que o jovem de 25 anos atua e por ter características que agradam os outros clubes.