No último mês, o Flamengo teve seu calendário recheado de decisões. A mais importante delas, certamente, foi a grande final do Campeonato Carioca, que terminou com o 37º título da história do Mais Querido. No entanto, um episódio de provocação passou dos limites e incomodou a diretoria do Mengo, quando o influencer tricolor André Luiz Marques falou sobre a tragédia do Ninho. Assim, o torcedor se desculpou publicamente em nota divulgada pelo Fla.

Vale destacar que, após a repercussão extremamente negativa do caso nas redes sociais, André Luiz entrou em contato rapidamente com a diretoria do Flamengo. A partir daí, o departamento jurídico do clube organizou um acordo para que o influencer tricolor se desculpasse publicamente não só com o Rubro-Negro, mas com as famílias das vítimas do incêndio do Ninho do Urubu.

Além disso, o torcedor do Fluminense se comprometeu a doar 20 cestas básicas para uma instituição escolhida pelo Flamengo. Assim, André Luiz escapou das medidas legais que o Mais Querido poderia tomar caso não cumprisse o acordo. O caso aconteceu no dia 15 de maio e, no último domingo (30), o influencer publicou um pedido de desculpas formal em seu canal no YouTube, a fim de encerrar de vez o assunto.

RELEMBRE O EPISÓDIO NO VÍDEO ABAIXO:

RETRATAÇÃO DO ‘INFLUENCER’ TRICOLOR:

CONFIRA A NOTA DO FLAMENGO NA ÍNTEGRA:

Após infeliz publicação feita no seu canal mantido no YouTube, André Luiz Marques de Oliveira, de boa-fé, entrou em contato com representantes do Departamento Jurídico do Clube de Regatas do Flamengo para celebrar um acordo em que ele, além de arcar com a doação de 20 cestas básicas a uma instituição de caridade indicada pelo Departamento de Responsabilidade Social do Clube, publicaria uma retratação formal no referido canal do YouTube e, em virtude disso, o Flamengo desistiria de tomar as medidas judiciais cabíveis contra ele. Assim, André Luiz publicou, no último domingo (30), a leitura da nota de retratação pela declaração, em vídeo postado no dia 15 de maio deste ano, sobre os meninos falecidos no incêndio no Ninho do Urubu. Na nota, André Luiz se dirige às torcidas do Flamengo e do Fluminense, bem como aos familiares dos menores que faleceram e à instituição Flamengo, e diz que “reconheceu o erro, entrou em contato com a gestão do Flamengo e solicitou um acordo para que pudesse se retratar da falha que cometeu ao desrespeitar o clube e a memória dos meninos falecidos no incêndio”. Além do pedido de desculpas, André Luiz declarou que se comprometeu a doar as 20 cestas básicas a uma instituição de caridade do Rio de Janeiro indicada pelo Flamengo e a nunca mais cometer um ato desta natureza.