O Flamengo tem um elenco extremamente qualificado, e não é segredo o fato de muitos clubes desejarem os atletas rubro-negros. O Olympique de Marselha, da França, está bem próximo de contratar Gerson, um dos principais destaques do Mengão desde 2019. O meio-campista, no entanto, pode ser vendido, ao todo, por quase R$ 230 milhões.

O valor fixo deve ficar entre 20 e 25 milhões de euros, entretanto, a bonificação será elevada. Em entrevista ao blog do jornalista Vitor Sergio Rodrigues, da TNT Sports, um dirigente rubro-negro – que não quis ser identificado – revelou que a quantia por meta atingida será bem superior ao especulado recentemente: “A parte do bônus é bem mais do que 5 milhões de euros e é composta de boa parte fácil de atingir e outra mais difícil”.

O Flamengo acredita que conseguirá arrecadar 35 milhões de euros com Gerson, o que dá R$ 227,5 milhões na cotação atual: “A estimativa interna no clube é que, no fim de tudo, considerando até a revenda, o Flamengo receba algo próximo de 35 milhões de euros, só vai demorar um pouco”, revelou o mesmo dirigente.

Além do valor substancial de bônus, o Flamengo ainda irá manter cerca de 10% dos direitos econômicos do camisa 8 em uma futura venda. Inclusive, o Rubro-Negro trata com otimismo internamente que Gerson será renegociado pelo Olympique. Com os valores encaminhados, a venda de Gerson fica por pequenos detalhes. A tendência é que as tratativas sejam encerradas ainda nesta semana, e o meia desembarque em solo francês.