O Santos está se movimentando no mercado em busca de um substituto para Fernando Diniz, que foi demitido. As negociações em busca do novo técnico foram abertas e, entre os nomes avaliados, Rogério Ceni, ex-treinador do Flamengo, e Fabio Carille, chamaram a atenção do clube e surgem como principais opções.

O diretor executivo de futebol, André Mazzuco, se reuniu com o Comitê de Gestão do clube e, entre as várias opções disponíveis no mercado, Ceni e Carille foram “filtrados”.

Há uma preferência inicial por Rogério Ceni, mas a decisão depende do custo-benefício, análise do elenco, pedido de reforços, entre outros fatores. O clube segue estudando as possibilidades.

A ideia da diretoria é definir o novo treinador entre terça e quarta-feira. Assim como com Fernando Diniz, o contrato não vai ter multa rescisória pré-estipulada, apenas os valores previstos na CLT.