Em noite ruim de seu sistema defensivo, o Flamengo sofreu dois gols bobos e só empatou em 2 a 2 com o Unión La Calera na noite desta terça-feira, pela quarta rodada do Grupo G da Libertadores. Os chilenos abriram dois de diferença no campo sintético do Estádio Nicolás Chahuán Nazar após falha grande de Bruno Viana e gol contra de Willian Arão, mas o Fla empatou com Gabigol (de pênalti) e Arão (de cabeça) e ainda tem chances de se classificar nesta rodada.

Assista aos melhores momentos:

Mesmo com o empate na cidade de La Calera, o Flamengo ainda pode se classificar matematicamente nesta rodada. Basta a LDU vencer o Vélez na próxima quinta-feira, na Argentina. Com 10 pontos, o Flamengo dessa forma abriria sete de vantagem do Vélez (que tem três) com apenas seis pontos para serem disputados. O Unión La Calera é o lanterna do Grupo G, com dois pontos.

Noite ruim da defesa

A zaga do Flamengo teve uma noite para esquecer no Chile. Logo aos sete minutos de jogo, Bruno Viana cochilou em dois lances seguidos: primeiro recuou curto para Gabriel Batista, que conseguiu recuperar; e depois perdeu a bola. Na sequência, Martínez abriu o placar após o rebote do goleiro do Flamengo (que fez uma boa partida). Já aos 26, no escanteio cobrado para a área, Arão parece ter sido pego de surpresa depois que a bola passou pela primeira trave e desviou contra o próprio gol. Graças a dois lances bobos, o Flamengo saiu atrás no placar e teve que tirar dois gols de diferença fora de casa.